O VERDADEIRO SIGNIFICADO DO NATAL (Lc. 1:26-33)


Infelizmente, O Natal, para muitas pessoas, significa apenas: Papai Noel, enfeites, árvores decoradas e coloridas, pisca-pisca, receber presentes etc. Na verdade, O Natal, não deve ser comemorado apenas um dia no ano, e sim todos os dias. Devemos cultivar o verdadeiro Espírito de Natal, que é o Espírito Santo, todos os dias, que nada tem haver com o espírito do comércio.

            Nesta época as pessoas lembram-se de tudo, ou quase tudo. Elas esquecem do mais importante: O ANIVERSARIANTE. Pouco me importa em que mês Jesus nasceu para mim o que importa é que este dia seja lembrado e comemorado. E, se existe um povo, que deve valorizar e aproveitar esta data tão significativa e importante somos nós os cristãos.

            Quero meditar com vocês nesta noite sobre o que realmente é O Natal (nascimento):

1.      O NATAL É DAR-SE (Jo. 3:16, Lc. 1:38, Mt. 2:1-11 e Ef. 4:8);

2.      O NATAL É ADORAÇÃO (Lc. 1:46-56 e 2:13-14);

3.      O NATAL É REVELAÇÃO (Lc. 1:26-33 2:8-11);

4.      O NATAL É NASCIMENTO (Jo. 10:10b Is. 9:6);

5.      O NATAL É RELACIONAMENTO (VERTICAL E HORIZONTAL) (At. 2:42, 1 Co. 1:9, 2 Co. 13:14 e 1 Jo. 1:3 e 1:7);

6.      O NATAL É SALVAÇÃO (Jo. 3:16 e Rm. 10:9-10);

7.      O NATAL É LIBERTAÇÃO (Mt. 1:21);

8.      O NATAL É O CUMPRIMENTO DA PROMESSA (At. 13:23 e 32);

9.      O NATAL É ESPERANÇA (Rm. 5:2-5 e 8:24).

O meu desejo é, que nesta noite, o verdadeiro Espírito de Natal reine e governe a sua vida e seu lar. Feliz Natal! Aleluia! Glória a Deus  
                Cândido Mário de Queiroz, pr

Deixe seu comentário.