O SENHOR ESTÁ COM VOCÊS!

“NENHUMA DESGRAÇA SE VÊ EM JACÓ, NENHUM SOFRIMENTO EM ISRAEL. O SENHOR, O SEU DEUS, ESTÁ COM ELES; O BRADO DE ACLAMAÇÃO DO REI ESTÁ NO MEIO DELES” !!

(Números, 23:21)

Como separar desgraça de sofrimento? São siameses! Quando a desgraça acampa-se em uma vida, o sofrimento é um espécie de inquilino atrevido! E, o pior, manifesta-se de formas diferentes, engenhosas e malignamente renovadas.

O sofrimento se reinventa! É multiforme! Quando alguém pensa que o arsenal está esgotado, ele, renasce, renova-se e maltrata com uma perversidade jamais imaginada.

É o “filho” da desgraça!!

Uma das características mais doloridas do sofrimento é que aparece de surpresa na maioria das vezes, e, vem de onde menos se imaginava.

Quanto mais próxima a origem, maior a dor. Israel vivia esse momento de tormento e desamor! Sua esperança havia sucumbido! O braço que deveria ser de proteção e segurança, tornou-se o veículo da decepção e da dor.

É possível que muitos que estejam lendo esta simples mensagem, identifiquem-se com este tipo de agonia. Foram surpreendidos pela desgraça e pelo sofrimento! Literalmente “atropelados” e com a guarda aberta em razão da surpresa da origem.

Sonhos demolidos! Ideais fulminados! Equilíbrio emocional dinamitado! Fé abalada! MAS (outra vez), para quem crê a história não termina neste estágio.

A palavra mais poderosa desta promessa acima são as palavras “NENHUMA e NENHUM”! O que significam? Significam que alguma coisa vai acabar! Nada restará! Nada sobrará!! Um extermínio total onde nem vestígios serão vistos!

Mas, o que vai acabar na sua vida querido (a)?

Veja a resposta gloriosa e sublime da Palavra de Deus: “NENHUMA DESGRAÇA… NENHUM SOFRIMENTO”!!!

O resgate e o milagre serão tão grandes, que, nenhum vestígio da dor ficará!

Quando alguém falar, você dirá embriagado (a) de felicidade: “Está falando do que”?? “Não estou entendendo”!!! 

E, a majestosa razão para tal paz e felicidade, é a seguinte:

”O SENHOR, SEU DEUS, ESTÁ COM ELES; O BRADO DE ACLAMAÇÃO DO REI ESTÁ NO MEIO DELES”!

Sim, onde havia dor, agora há UM DEUS TODO PODEROSO!!

Onde havia gemido, lágrimas e desespero, agora haverá “O BRADO DO REI”!!!  

O grito da vitória! Aleluia! Alargue os seus pensamentos! Afugente as limitações e deite-se hoje à noite, sobre o colchão da graça imensurável do seu Deus, do Nosso Deus”.

D. A. Ximenes

Deixe seu comentário.